Colégio PoliBrasil realiza palestra inédita sobre os riscos da internet para crianças e adolescentes

Arte Palestra Perigos Digitais

Pesquisa indica que 82% das crianças e adolescentes estão conectadas

 

Crianças e adolescentes têm cada dia mais o acesso facilitado ao mundo digital, seus benefícios e, também, todas as suas armadilhas. Os perigos da internet são hoje uma as maiores preocupações de pais e educadores. Para proporcionar aos pais e interessados, uma minuciosa discussão e orientação sobre o tema, o Colégio PoliBrasil realiza a 1ª palestra “Perigos digitais para jovens e crianças”, no dia 26 de setembro, às 19h30.

 

Pesquisa sobre o uso da Internet por crianças e adolescentes no Brasil – TIC Kids Online Brasil 2016, publicadas em novembro de 2017 – estima que, cerca de 8 em cada 10 crianças e adolescentes (82%), com idades entre 9 e 17 anos, são usuários de Internet, o que corresponde a 24,3 milhões de crianças e adolescentes em todo o país.

 

Os resultados apontam a permanência de importantes disparidades regionais e socioeconômicas no acesso e uso da rede. Enquanto em áreas urbanas 86% das crianças e adolescentes estavam conectados, em áreas rurais, essa proporção era de 65%. Na região Sudeste, 91% das crianças e adolescentes declararam ser usuários de Internet; no Norte, apenas 69%.

 

Ainda de acordo com a pesquisa, existe ainda a tendência de crescimento no uso de dispositivos móveis por crianças e adolescentes para acessar a internet – em 2016, 91% (22 milhões) se conectaram pelo celular. Em 2012, essa proporção era de 21%, e em 2014, de 82%. Em contrapartida, o uso da rede por meio de computadores apresentou queda. Para todos os dispositivos, com exceção do telefone celular, há uma diferença acentuada entre as classes no acesso à Internet.

 

De acordo com o relatório, 41% dos usuários de internet (de 9 a 17 anos) declararam ter visto alguém ser discriminado na rede. Entre os principais motivos identificados para a discriminação estão: cor ou raça (24%), aparência física (16%) e o relacionamento entre pessoas do mesmo sexo (13%). Uma parcela menor (7%) afirmou ter sofrido algum tipo de discriminação na Internet.

 

PALESTRA

Ao mesmo tempo em que crianças e adolescentes estão cada vez mais conectados, eles continuam expostos a riscos online. Dentre os temas quês serão levantados nessa primeira palestras estão: aumento do número de suicídios entre jovens; saiba avaliar o comportamento do seu filho no mundo digital; avalie o comportamento do seu filho fora de casa; como jovem pensa hoje; cyber perigos e internet: vilã ou mocinha?

 

A palestra é gratuita, mas tem vagas limitadas, e acontecerá no Colégio PoliBrasil, à rua Morais Barros, 422 – Centro. Inscrições pelo telefone (19) 3417-5200.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *